garotaesuasfases
Tem muita gente que pensa que ama. Não sou ninguém para julgar o amor dos outros, longe de mim. Mas o amor, o amor mesmo, o amor maduro, o amor bonito, o amor real, o amor sereno, o amor de verdade não é montanha-russa, não é perseguição, não é telefone desligado na cara, não é uma noite, não é espera. O amor é chegada. É encontro. É dia e noite. É dormir de conchinha. É acordar e fazer um carinho de bom dia. É ajuda, mãos dadas, conforto, apoio. E saco cheio, também. Tem rotina, tem manhã, tarde, noite, tem defeito, tem chatice, tem tempestade. Mas o céu sempre limpa. Porque o amor é puro como o azul do céu.
Clarissa Corrêa. (via garotaesuasfases)
psicopataironica

Oi, sábia que você é uma pessoa muito especial? Sério, é verdade. Sábia que mesmo que você as vezes ache que o mundo te virou as costas e que tudo na sua vida ta dando errado, sábia que bem perto de ti tem pessoas que adoram o teu sorriso? Sábia que Deus zela pelo teu sono todas as noites?Sábia que você é uma pessoa incrivelmente forte e pode superar tudo nessa vida? Sábia que você mesmo não percebendo você é o anjo de alguém? Ei! Esquece os problemas tudo passa, da um sorriso pra vida e mostra pra ela que você é muito mais do que imaginavam que vc seria! Você é raro.

temploculturaldelfos
Passei a maior parte da minha vida tentando não chorar na frente das pessoas que me amavam […]. Você trinca os dentes. Você olha para cima. Você diz a si mesmo que se eles o virem chorando, aquilo vai magoá-los, e você não vai ser nada mais que uma tristeza na vida deles. Você não deve se transformar numa mera tristeza, então não vai chorar, e você diz tudo isso para si mesmo enquanto olha para o teto. Aí engole em seco, mesmo que sua garganta não queira, olha para a pessoa que ama você e sorri.
John Green, no livro “A culpa é das estrelas”. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2013 (via temploculturaldelfos)
peitomorto

peitomorto:

é medo? não, é bem mais. é um pesadelo? não, é real. doloridamente real. o que você teme, menina? que o céu desabe que não haja saída de emergência que eu morra sufocada que eu morra (de vez). quem é você? pensei pensei e ainda não sei. onde você está? perdida! perdida em algum beco podre e imundo…